PUC inaugura laboratório no Parque Tecnológico dia 30

Educação 13 ago / 2013 às 23:52

A Pontifícia Universidade Católica (PUC), de São Paulo, será a primeira universidade a inaugurar laboratório de pesquisa no Parque Tecnológico de Sorocaba. No próximo dia 30 (sexta-feira), começa a operar oficialmente o laboratório que ocupa uma área de 170m², na parte interna do Núcleo, que concentrará a maioria dos laboratórios.

Pelo contrato de permissão de uso do espaço, com validade de 5 anos, prorrogáveis por igual período, a PUC instalará um Centro de Pesquisa e Desenvolvimento de Tecnologia, voltado à área de saúde, com laboratórios para desenvolvimento e adequação de produtos médicos, odontológicos, laboratoriais, hospitalares, farmacêuticos e de gestão para o setor.

Também será implantada uma rede Centro de Tecnologia e Inovação (CTI), na área da saúde, com laboratórios de P&D&I em parceria com empresas do setor, e com órgãos de fomento estaduais e federais, visando ao desenvolvimento de patentes, produtos e serviços de ponta e de alto valor agregado. Essa rede CTI atuará nos segmentos: Biomecânica e Engenharia de Reabilitação; Biomateriais e Órgãos Artificiais e ainda Reabilitação e Fisioterapia.

Os trabalhos de pesquisas serão direcionados para o desenvolvimento de novos materiais biocompatíveis na utilização de próteses, órteses ou outros mecanismos que necessitem da biocompatibilidade; softwares direcionados ao estudo do corpo humano para treinamento de profissionais da saúde e estudo da marcha e do equilíbrio humano (geração de conhecimento que propicie o desenvolvimento de novas tecnologias para restabelecer a marcha e o equilíbrio das pessoas).

 

Pesquisas 

Além da PUC, Unicamp, Mauá, FEI, USP, Facens, Ufscar, Unesp, Fatec e Uniso também deverão implantar seus laboratórios de pesquisas no Parque Tecnológico. Já estão com seus trabalhos de pesquisas em andamento a Metso do Brasil, o Centro de Estudos e Sistemas Avançados do Recife (Cesar), a Bardella Indústrias Mecânicas e Flextronics Instituto de Tecnologia (FIT).

Além dessas citadas, outras empresas e instituições que já assinaram contrato para a implantação de laboratórios no Parque são: Greenworks Engenharia Automotiva, Instituto de Qualidade Automotiva (IQA), BrainSet Engenharia. Vocacionado para os setores automotivo, metalmecânico, eletrônico, energias alternativas, eletroeletrônico e TIC, o modelo adotado para o parque sorocabano é resultado de conceitos aplicados em vários projetos de países como França, Inglaterra, Dinamarca, EUA e também do Brasil.


Mais Notícias