Prefeita Jaqueline Coutinho exonera assessora de Brasília e mais 12 servidores comissionados; dois servidores pediram demissão

Política 05 ago / 2019 às 19:25

Após saída dos secretários Antônio Valdir Gonçalves Filho, Ana Lúcia Sabbadin e Hudson Zuliani, a Prefeita Jaqueline Coutinho (PTB) exonerou, nesta segunda-feira (05), o chefe de gabinete, a assessora especial de Brasília, além de mais 13 funcionários comissionados, que trabalhavam no sexto andar da Prefeitura Municipal. A informação foi divulgada no Jornal do município de hoje.
O chefe de gabinete Carlos Mendonça, Alexandre Hugo, Raphael Pironi, Anderson Fornel, Fernando Marques, Sandra Fonseca, Carol Magoga, Mateus Oliveira Ramos, Rosangela Arcuri, Aliane Francisco Mendes, Marina Elaine, Liliana Jesus, Folguy Garcia e Jane Claudia Santin Martins deixam suas funções na administração municipal. Silvio Saraiva de Souza e Fernando Marques pediram demissão de seus cargos.
Inicialmente, a nova chefe do executivo havia dito que realizaria um processo de avaliação dos chefes de pasta, para decidir sobre quem permanecerá no primeiro escalão da administração da prefeitura municipal.
Jaqueline assumiu o poder executivo na última sexta-feira (02), após o ex-prefeito José Crespo (DEM) ter o mandato cassado pela Câmara Municipal, em uma sessão extraordinária que durou 13 horas.
Desde a sua posse, quatro representantes de pastas do primeiro escalão já deixaram o governo. O secretário de segurança e defesa civil Antônio Valdir Gonçalves Filho pediu exoneração na última sexta-feira (02), pouco antes da reunião entre a chefe do executivo e os secretários. A secretária de assuntos jurídicos e patrimoniais Ana Lúcia Sabbadin foi a primeira baixa a ser anunciada por Jaqueline.
No mesmo dia, o Jornal do Município de Sorocaba divulgou a exoneração de Hudson Zuliani e Marinho Marte, ambos afastados do cargo.


Mais Notícias