Queda nas temperaturas faz Prefeitura redobrar abordagens às PSR

Sorocaba 05 jul / 2019 às 17:24

A Prefeitura de Sorocaba, por meio da Secretaria de Igualdade e Assistência Social (Sias), está redobrando as abordagens às Pessoas em Situação de Rua (PSR), com a indicação – pelos institutos meteorológicos -, de fortes quedas nas temperaturas.

De acordo com o secretario da Sias, Jefferson Calixto, o trabalho é feito pela Casa Azul – antigo Centro POP -, e das equipes do Serviço de Obras Sociais – SOS, que saem identificando essa parcela da população. “Entretanto, muitas dessas pessoas não aceitam a ajuda que lhes é oferecida, preferindo permanecer nas ruas”, diz o secretário da Sias. Na Casa Azul, as pessoas em situação de rua recebem alimentação, banho, roupas limpas e podem pernoitar.

Ainda segundo o titular da pasta, o Serviço Especializado a Pessoa em Situação de Rua “Casa Azul”, desenvolve ações diariamente com a finalidade de oportunizar aos indivíduos a construção de novos projetos de vida, como o atendimento psicossocial, atividades de convivência, e até a reconstrução de vínculos familiares, encaminhando para as cidades de origem, as pessoas que tiverem o interesse.

O serviço proporciona, ainda, encaminhamentos a outros serviços socioassistenciais, e das demais políticas públicas que possam contribuir na construção da autonomia, da inserção social e da proteção às situações de violência, além da provisão de documentação civil, e a criação de um endereço institucional para utilização como referência do usuário, contribuindo para o enriquecimento do sistema de registro dos dados, permitindo um melhor acompanhamento do trabalho social.
O Serviço Especializado a Pessoa em Situação de Rua “Casa Azul”, atende na rua Rubens Antônio Nazaré dos Santos, 164 – Vila Rica , telefone (015) 3229-0777.

Outros serviços
– Serviço Especializado em Abordagem Social
Serviço ofertado de forma continuada e programada, com a finalidade de assegurar trabalho social de abordagem e busca ativa que identifique, nos territórios, situações de rua. A abordagem programada considera praças, fronteiras, espaços públicos, locais de intensa circulação de pessoas, e outros.
Há também a realização de abordagens em atendimento à solicitações da população, que podem entrar em contato diariamente pelo telefone (015) 99657 0730 e (15) 99841 6285.

– Acolhimento Noturno, ofertado por Organizações da Sociedade Civil
O Acolhimento Noturno propõe atendimento, oferecendo um espaço para que as pessoas possam fazer a sua higiene pessoal, se alimentar, e ter um local para dormir.

– Serviço de Acolhimento provisório, ofertado por Organização da Sociedade Civil
Serviço ofertado para pessoas de ambos os sexos, com ou sem deficiência, em situação de risco pessoal e social, vulnerabilidade em decorrência de, por exemplo, o uso de drogas, desabrigo por abandono, migração, refúgio, tráfico de pessoas, e pessoas com fragilidade física momentânea, porém, com alta médica hospitalar.


Mais Notícias