Uniso desmente suposto caso de Coronavírus em aluno da instituição

Educação 17 mar / 2020 às 18:43

A Universidade de Sorocaba (Uniso) negou que haja um caso confirmado do novo Coronavírus, o Covid-19, em um aluno da instituição. A informação falsa circulava entre grupos de mensagem no Whatsapp, alegando que um estudante do curso de arquitetura estaria infectado.
“A Uniso informa que não existe até o momento nenhum caso notificado em seus campi, assim como não há registro na Região Metropolitana de Sorocaba,” declarou a Universidade de Sorocaba.
De acordo com a instituição, em razão do aumento dos casos de contágio pelo Coronavírus, a universidade suspendeu as aulas presenciais, a agenda de eventos e demais atividades acadêmicas, em todos os seus campi, de segunda-feira (16), até o dia 31 de março. A partir desta terça-feira (dia 17), as aulas estão sendo ministradas em salas virtuais. “A medida atende à recomendação das autoridades de saúde, que se evitem aglomerações, e foi deliberada pelo comitê interno da Universidade que está monitorando as orientações das autoridades sobre a epidemia,” garantiu o órgão.
O aluno de curso de arquitetura da Uniso, Bruno Domingos, explica que o rumor teria surgido após uma viagem de estudantes a um evento na capital do estado. “No grupo da minha sala, uma aluna postou que um arquiteto chamado Alex, deu resultado positivo para o vírus, notícia dada pela mulher dele nos stories do Instagram. Ele estava presente na Exporevestir em São Paulo, uma feira de revestimentos que muitos estudantes de arquitetura participam,” afirmou.
O futuro arquiteto ainda conta como o boato teria ganhado corpo pelas redes sociais. “A menina mandou para as pessoas que foram nessa feira ficarem em alerta, pois estavam no mesmo ambiente que ele. Acho que outro aluno entendeu errado e começou a espalhar que era aluno da Uniso,” avaliou.
Conforme divulgado pela Secretaria Municipal de Saúde, atualmente a cidade tem 31 casos suspeitos da doença e nenhum caso confirmado.
O governo do Estado de São Paulo confirmou a primeira morte pelo Covid-19, na manhã desta terça-feira (17), a vítima é um homem de 62 anos. A pasta estadual ainda avalia se outras quatro mortes teriam relação com o vírus.


Mais Notícias