Servidores que atuarão no Hospital de Campanha recebem treinamento especializado sobre Covid-19

Coronavírus 21 maio / 2020 às 15:42

Com o objetivo de prestar um atendimento digno e especializado aos pacientes confirmados e suspeitos da Covid-19, e que forem internados no Hospital de Campanha, servidores da Secretaria da Saúde (SES), da Prefeitura de Sorocaba, participaram de um treinamento sobre situações de emergência nesta quarta-feira (20). A capacitação ocorreu na Arena Multiuso, localizada nas margens da Rodovia Raposo Tavares, onde foi instalado o hospital.

As orientações foram destinadas apenas aos profissionais que atuarão na linha de frente, atendendo pacientes intermediários encaminhados pelas unidades de saúde do município. A iniciativa contou com a parceria do Centro Universitário Facens.

De acordo com a médica e coordenadora do Núcleo de Urgência e Emergência da SES, Irma Saboya, o treinamento foi planejado para acontecer durante dois dias junto aos servidores que se colocaram à disposição para atender no Hospital de Campanha. O primeiro treinamento teórico foi realizado na Vigilância em Saúde, nesta terça-feira (19). Já o segundo, realizado nesta quarta-feira (20), foi dividido em dois blocos. No primeiro, médicos; enfermeiros; técnicos de enfermagem, fisioterapeutas e farmacêuticos, assistiram a um vídeo técnico orientando e explicando todos os protocolos necessários num atendimento de urgência aos pacientes com o novo coronavírus. A segunda parte do treinamento foi a prática nos leitos do próprio hospital, usando bonecos que simulam sintomas humanos.

Na primeira parte do treinamento prático, o enfermeiro e voluntário, Gilberto Leite, iniciou as instruções sobre higienização, paramentação (uso dos EPIs) e desparamentação (retirada dos EPIs) aos servidores. Essas orientações são essenciais para evitar o risco de contaminação pelo vírus. O voluntário também simulou situações envolvendo a necessidade de intervenção na via aérea para realizar atendimento de urgência.

Ao final do treinamento, a médica responsável pela área de Tecnologia em Saúde do Centro Universitário Facens, Karen Abrão, simulou o atendimento de um paciente em leito de estabilização, com respirador e monitor cardíaco. A ação foi feita em um boneco que reproduz sintomas humanos, como tosse e outras ações.

“Este treinamento foi muito importante para que os profissionais da linha de frente no combate à
pandemia possam salvar vidas e oferecer uma assistência técnica e segura. Cerca de 70 profissionais foram capacitados para trabalhar no hospital de campanha”, explicou a coordenadora do Núcleo de Urgência e Emergência da SES, Irma Saboya.

Parceria com a Facens

Para o treinamento, o Centro Universitário Facens, também doou caixas de intubação e de escudos faciais à Secretaria da Saúde (SES). Esses produtos foram produzidos no Fab Lab da Instituição de Ensino. Além disso, a Facens ainda emprestou o boneco que simula sintomas humanos por meio de recurso tecnológico e disponibilizou o laboratório.


Mais Notícias