Salatiel Hergesel cobra adicional de insalubridade para servidores que atuam no combate à Covid-19

Política 09 maio / 2021 às 14:32

O vereador também solicita informações sobre quantos servidores estão recebendo adicional de insalubridade em grau máximo

 

O vereador Prof. Salatiel Hergesel (PDT), por meio de requerimento aprovado na Câmara Municipal, cobra do prefeito Rodrigo Manga informações sobre a concessão de adicional de insalubridade aos servidores municipais que atuam na linha de frente no combate à Covid-19.

Segundo a Secretaria de Recursos Humanos da Prefeitura de Sorocaba, em resposta ao Ofício 67/2021, do vereador Professor Salatiel, esclarece que as análises técnicas para a concessão de adicional de insalubridade aos servidores municipais consideram os dispositivos legais previstos no Anexo 14 da norma regulamentadora NR-15, que trata dos critérios para caracterização de insalubridade no trabalho.

As unidades de saúde da Rede Municipal destinadas à atendimento exclusivo de casos suspeitos ou confirmados de Covid-19 tiveram seus laudos atualizados e o pagamento dos adicionais de insalubridade em grau máximo (40%) é concedido aos servidores que exercem atividades laborais nas condições previstas pelo Anexo 14 da NR-15, ou seja, que exerçam trabalho ou operações em contato permanente com pacientes em isolamento por doenças infectocontagiosas, bem como objetos de seu uso, não previamente esterilizados.

Sendo assim, o parlamentar cobra do prefeito Rodrigo Manga, através de requerimento aprovado, informações sobre quais unidades de saúde tiveram seus laudos atualizados; quais e quantos servidores estão recebendo adicional de insalubridade em grau máximo (40%) e a partir de qual data passaram (ou passarão) a receber o referido adicional.


Mais Notícias