Transporte público deverá ser paralisado nesta quarta-feira em ato contra impeachment

Trânsito 15 dez / 2015 às 16:50

O Sindicato dos Rodoviários de Sorocaba e Região informa que os trabalhadores em transportes urbano, intermunicipal e rodoviário das regiões de Sorocaba, Itapetininga e Itapeva participarão na próxima quarta-feira (16) de ato nacional da categoria por mais segurança no transporte coletivo municipal, intermunicipal e rodoviário, pela garantia do posto do cobrador ou a obrigatoriedade do agente de bordo nos setores urbano e intermunicipal. O Sindicato afirma também que o ato é ocorrerá pela defesa da democracia e contra o impeachment da presidenta Dilma Rousseff.

O protesto convocado pela Confederação Nacional dos Trabalhadores em Transportes da Central Única dos Trabalhadores (CNTTL-CUT), Central dos Trabalhadores e das Trabalhadoras do Brasil (CTB), União Geral dos Trabalhadores (UGT) e Nova Central acontecerá das 00h às 9h da manhã, quando o transporte será paralisado em diversas capitais e cidades de todo o território nacional.

A mobilização tem como objetivos: iniciar diálogo com os poderes públicos municipais e estaduais sobre a necessidade de criação de um policiamento especializado em segurança de transporte público coletivo, pressionar deputados federais e senadores a aprovarem leis que estabeleçam a obrigatoriedade de ter um segundo trabalhador no interior dos coletivos dos transportes urbano e intermunicipal, e lutar pela preservação da democracia e o respeito ao voto da população.

Conforme o Sindicato, as empresas de transporte urbano, intermunicipal e rodoviário das regiões de Sorocaba, Itapetininga e Itapeva foram notificadas sobre o protesto na quinta-feira, 11.


Mais Notícias