UPH Zona Norte volta a ter pediatras em fevereiro; Prefeito assinou contrato de gestão da unidade nesta quinta-feira

Saúde 10 jan / 2019 às 22:17

O prefeito José Crespo assinou o contrato para início da gestão compartilhada na Saúde nesta quinta-feira (10), em seu gabinete, no sexto andar do Paço Municipal. As UPHs (Unidades Pré-Hospitalares) Oeste e Norte serão geridas pelo Instituto Diretrizes e realizarão atendimento médico para adultos e crianças, a partir do dia 5 de fevereiro. Segundo informações da Prefeitura, haverá uma ampliação de, no mínimo, mais 210 mil atendimentos aos cidadãos.
Funcionários concursados que atuam nestas unidades serão remanejados para as 32 Unidades Básicas de Saúde (UBSs) para que o projeto de fortalecimento da Rede de Atenção Básica, o que trará mais médicos e diminuirá as filas de espera por consultas. A Prefeitura estuda, ainda, abrir as até às 22h, projeto que ainda não foi detalhado. A previsão é que haja um aumento 228 profissionais, entre médicos, enfermeiros, auxiliar e técnicos de enfermagem, e administrativos nas UBSs.
Para o prefeito José Crespo, a gestão compartilhada na Saúde é uma grande vitória para a cidade de Sorocaba. “De forma empenhada estivemos integralmente trabalhando nesse projeto. Além do aumento de atendimentos médicos nas UPHs, também teremos o fortalecimento de nossas UBSs, que é a porta de entrada para a consulta médica e perto da casa dos cidadãos”, explica.
O Instituto Diretrizes, Organização Social (entidade filantrópica sem fins lucrativos) com sede em Santo André e que opera o Pronto Socorro de Barueri, após assumir a gestão das duas unidades, contará com 59 profissionais entre médicos, administrativos, enfermeiros, técnicos de enfermagem, assistentes sociais, farmacêuticos, coordenador administrativo e diretor geral técnico na UPH Zona Norte. Já a unidade da Zona Oeste terá 148 contratados para exercerem as mesmas áreas multiprofissionais.
A Prefeitura ressalta que a escolha pela gestão compartilhada para gerir as UPHs Norte e Oeste é melhor porque oferecerá um quadro ampliado de funcionários com custo anual de R$ 63.219.852,00 para as duas unidades, ou seja, R$ 2.634.160,50 por mês para cada unidade. Isso significa uma economia de R$ 24.780.148,00 em comparação à ampliação feita através de funcionários concursados. Seriam gastos R$ 88 milhões por ano se o Poder Executivo fizesse essa escolha, mas isto já está demonstrado que é inviável, pois os gastos com pessoal na Prefeitura de Sorocaba tendem a ultrapassar o limite de alerta, previsto na Lei de Responsabilidade Fiscal. A gestão compartilhada visa evitar exatamente essa elevação de custos.
A UPH Zona Norte oferecerá no mínimo 66 mil atendimentos pediátricos e 156 mil atendimentos adultos por ano. A UPH Zona Oeste oferecerá no mínimo 78 mil atendimentos pediátricos e 144 mil atendimentos adultos por ano. Atualmente, a unidade Zona Norte não oferece atendimentos pediátricos e a unidade Oeste não oferece atendimentos adultos. Ou seja, Sorocaba terá no mínimo mais 210 mil atendimentos à população.


Mais Notícias