Rodrigo Manga e Fernando Dini discutem possibilidade de concorrer juntos a Prefeitura de Sorocaba

Política 10 mar / 2020 às 18:37

Durante o período de “janela eleitoral” e das discussões sobre coligações para as eleições municipais de 2020, políticos e representantes dos partidos se articulam para formar as possíveis chapas que concorrerão a Prefeitura e a Câmara Municipal. Na manhã desta terça-feira (10), o presidente do Poder Legislativo, o vereador Fernando Dini (MDB), e o vereador Rodrigo Manga (DEM) se reuniram para discutir a possibilidade de disputar juntos aos cargos de prefeito e vice-prefeito.

Atualmente, o democrata já anunciou sua pré-candidatura ao Executivo. Segundo divulgado pelo parlamentar, nas próximas semanas ele deve se filiar ao Republicano. O prazo para a mudança de siglas se encerra no próximo dia 4 de abril.

O nome de Fernando Dini já havia sido ventilado para integrar uma chapa junto com a atual pré-candidata do Partido da Social Democracia Brasileira, a deputada estadual Maria Lúcia Amary (PSDB).

Ao Z Norte, o presidente explicou que já havia conversado com outros possíveis candidatos, e a convite do democrata discutiu sobre o cenário da união entre o MDB e o Republicano. “Rodrigo Manga me procurou para falar sobre a possibilidade de iniciar uma conversação dessa parceria,” relatou Dini, que complementou, “diante das pesquisas que dizem que nós dois juntos podemos ganhar em primeiro turno, as pesquisas mostram isso. Nós vamos conversar, porque a política é a arte de compor,” enfatizou.

Rodrigo Manga classificou a reunião entre os parlamentares como “um gesto de reaproximação.” “Hoje nós tivemos essa conversa com o vereador Dini, um gesto de ambas as partes de reaproximação, de realinhamento pensando no bem maior que é a cidade de Sorocaba,” avaliou.

Para o democrata a decisão ainda precisa ser avaliada diante da reação dos eleitores. “Por enquanto só existe a minha pré-candidatura. Existem outras pessoas que têm interesse em concorrer com a gente como vice, mas ainda é muito cedo, nós vamos decidir isso lá na frente depois de ouvir a população,” discorreu o pré-candidato.

 

Pré-candidatos

Na onda das pré-candidaturas, o vereador Renan Santos (sem partido) anunciou sua saída do Partido Comunista do Brasil (PCdoB), nesta terça-feira. O parlamentar adiantou que deve se filiar ao Partido Democrático Trabalhista (PDT), sigla pela qual pretende concorrer ao Poder Executivo. O anúncio oficial da filiação deve ser divulgada na manhã de quarta-feira (11).

 

Preterido

Alguns vereadores da Câmara Municipal de Sorocaba já anunciaram seu desejo de concorrer a cadeira do sexto andar do Palácio dos Tropeiros. Sem espaço no próprio partido, parlamentares esperam o período da janela eleitoral para se desligar e filiar a outras siglas.

 

E a Prefeita?

A prefeita Jaqueline Coutinho (sem partido) segue sem sigla definida para possivelmente concorrer a reeleição de seu cargo em 2020. Por conta de uma foto publicada em suas redes sociais, junto do deputado federal Junior Bozzela (PSL), os rumores da filiação da chefe do Executivo ao Partido Social Liberal chegaram aos ouvidos do presidente municipal do partido.

Em nota divulgada à imprensa, Fernando Marques, classificou como divergentes as ideias da ex-delegada e do partido. “Como já foi dito, não existe, ao menos hoje, qualquer tipo de compatibilidade entre os ideais da Prefeita Jaqueline e os ideais do PSL,” esclarecia, em nota, o diretório municipal.


Mais Notícias