Avaliação Médica é realizada nas suçuaranas do Zoo

Mundo Pet 19 jun / 2019 às 18:27

O Parque Zoológico Municipal “Quinzinho de Barros”, ligado à Secretaria do Meio Ambiente, Parques e Jardins (Sema), realizou na terça-feira (18), um procedimento de check-up nas duas suçuaranas fêmeas que vivem no Zoológico de Sorocaba desde 2005. O procedimento é realizado pelo menos uma vez ao ano e é fundamental para a manutenção da saúde dos animais e para a conservação da espécie.

Tratam-se de duas suçuaranas fêmeas, as duas com 14 anos e que já são consideradas idosas. Elas são provenientes de cativeiros, uma se chama “Gorda” e outra “Magra” e os nomes são condizentes com as estruturas corpóreas dos felídeos. A suçuarana macho, o Nino, que está no Zoo desde 2011, passará pela mesma avaliação em uma próxima programação.

Conforme o biólogo Felipe Cardoso, chefe de Seção de Biologia e Veterinária, foi dada prioridade para as duas suçuaranas fêmeas, para realização dos exames preventivos, já que são mais idosas. “São realizados diversos exames para avaliação e acompanhamento da saúde das suçuaranas e o macho será avaliado na próxima programação”, garante.

Para o procedimento acontecer, elas são anestesiadas e passam por uma série de exames que incluem ultrassom abdominal, radiografias, endoscopia, ecocardiograma, avaliação oftálmica e exames laboratoriais (exame de sangue, de urina e de fezes). Além do tratamento dentário e tratamento contra parasitas, internos e externos. Para contentamento de toda a equipe do Zoológico, composta de biólogos e veterinários, o procedimento de avaliação foi um sucesso. As suçuaranas estão com ótima saúde.

Vale ressaltar que a Suçuarana (Puma concolor) é o segundo maior felídeo do Brasil, menor apenas que a onça-pintada. Pode chegar a atingir 1,08 m de comprimento, mais a cauda que é longa medindo até 0, 61 m e 63 cm de altura, pode pesar até 80 kg. Entre os felinos é um dos melhores saltadores, podendo saltar de altura de até 15 metros.

Os hábitos noturnos são predominantes que os diurnos. Por sua vez, caçam a qualquer hora do dia com certa tendência ao horário de crepúsculo. A espécie é terrestre, mas possui muita habilidade para subir em árvores e é muito ágil. A suçuarana vive solitária, menos na época do acasalamento. Habitam variadas regiões incluindo florestas tropicais e subtropicais, caatinga, cerrado, pantanal, desertos e montanhas.

As suçuaranas estão em risco de extinção devido a fatores relacionados ao homem e ao desmatamento que diminuem cada vez mais seu território de caça. Assim, esses animais acabam sendo obrigados a buscar alimentos em outras regiões. Importante destacar que as suçuaranas apesar de excelentes caçadoras em seu habitat evitam o contato com o homem.

Sendo referencia em pesquisa e preservação animal, o Parque Zoológico Municipal “Quinzinho de Barros” está localizado na Rua Teodo


Mais Notícias