Arrastão contra a dengue no Nova Sorocaba recolhe mais de nove toneladas de criadouros

Saúde 27 jan / 2015 às 20:06

Em dois dias de operação contra a dengue na região do bairro Nova Sorocaba, Zona Norte da cidade, já foram removidos mais de 9 toneladas de possíveis criadouros do mosquito transmissor da doença, o Aedes aegypti. A Ação, realizada pela Prefeitura de Sorocaba, por meio das Secretarias da Saúde (SES), de Governo e Segurança Comunitária (SEG) e de Serviços Públicos (Serp), resultou na visita de 868 imóveis entre ontem e hoje (26 e 27/01), sendo que o arrastão vai continuar nesta quarta-feira (28), a partir das 9h.

“Esta grande quantidade de materiais que acumulam água, encontrada e retirada de residências e terrenos do bairro Nova Sorocaba, mostra que muitas pessoas ainda não se conscientizaram da importância do combater o mosquito para a prevenção da dengue. Objetos que acumulam água de chuva devem ficar em local coberto. Quanto mais criadouros nos imóveis, teremos mais mosquitos e, consequentemente, mais casos de dengue na cidade”, alerta Leandro Arruda, chefe da Divisão de Zoonoses da SES.

Nesta quarta-feira (28), a área que será trabalhada pelos agentes da Zoonoses, com apoio de membros da Defesa Civil e funcionários da Serp, abrange as seguintes vias: Avenida Cataldo Lamarca Neto, Alameda Guarujá, Avenida Rio Claro, Rua Dr. Fernando Soares Fernandes e Rua Francisco Bueno de Camargo.

Os agentes percorrerão a região destas vias, a partir das 9h, para orientar os moradores e recolher materiais como pneus, pratos de planta, baldes e objetos em geral que acumulem água de chuva e que não estejam sendo utilizados. A Zoonoses lembra que não serão recolhidos móveis ou entulho. A ação deve terminar por volta das 15h.


Mais Notícias