Subcomandante da GCM de Mairinque e esposa são assassinados dentro de casa

Região 10 ago / 2013 às 03:12

Na noite desta Sexta-feira, 09, o Subcomandante da Guarda Municipal de Mairinque, Laércio de Souza Lanes, foi executado a tiros no interior da sua residência no Jardim Santa Vitória. A esposa de Laércio, Lindalva Prado Lanes, também foi baleada e morreu no local. O filho de 10 anos do casal, que assim como os pais recebeu um disparo, está em estado grave no Hospital Regional de Sorocaba, onde passa por uma cirurgia neste momento.

Cada vítima recebeu um tiro. Láercio foi acertado na nuca, Lindalva nas costas e o jovem na região da cabeça.

Equipes cercaram as divisas da cidade e realizam rondas nas proximidades nas buscas dos autores do crime.

 

Laércio de Souza Lenes

Laercio de Souza Lanes era natural de Iretama (PR), casado com Lindalva Prado Lanes e tinha dois filhos. Residia em Mairinque há mais de 36 anos e no Jardim Vitória morava há 26 anos. Em Mairinque fez seus estudos até a conclusão do segundo grau, passando pelas escolas Altina e Lellis Ito. Trabalhou desde seus 14 anos, ocupando postos nas empresas CBA, Supermercados Taraborelli entre outras. Prestou concurso público para a Guarda Civil de Mairinque e foi aprovado. Lanes estava há mais de 20 anos exercendo a função de GCM na comunidade.

 


Mais Notícias