Vereador anuncia que PL das Academias foi vetado pela Prefeitura

Política 11 abr / 2021 às 23:52

O parlamentar, autor da proposta, vai pedir a derrubada do veto no Legislativo

Na manhã desta quinta-feira (08), o vereador Vinícius Aith (PRTB) utilizou as redes sociais para informar à população que o Projeto de Lei nº 071/2021, reconhecendo em Sorocaba as academias de todas as modalidades esportivas e físicas como serviço essencial em tempos de crises, foi vetado pela Prefeitura.

Aith explicou que, durante reunião com o prefeito Rodrigo Manga (Republicanos), o chefe do Executivo ressaltou ser a favor da medida, mas, por questões jurídicas envolvendo possíveis processos e multa diária do Ministério Público contra o Município, o projeto não pôde ser sancionado. “O prefeito estava de mãos atadas porque a cidade é obrigada a seguir as determinações do Plano São Paulo, estabelecidas pelo governo estadual”, disse o vereador.

Apesar de entender o posicionamento do prefeito, Vinícius Aith disse que irá pedir a derrubada do veto na Câmara, que deverá sancionar a matéria. “O que vemos é que os estados da Federação não seguem recomendações do governo federal, mas as cidades têm que cumprir o que determinam os governadores. Não vamos desistir dessa medida, porque diz respeito à saúde da população”, reforçou.

A iniciativa – O parlamentar recebeu um abaixo-assinado com mais de 100 assinaturas de profissionais de Educação Física, treinadores e proprietários de academias, juntamente com dados científicos sobre como as atividades aumentam a capacidade aeróbia, produzindo melhorias seguras de curto prazo na função dos sistemas imunológico e respiratório, particularmente os específicos para infecções por Covid-19.

Aith conta ainda com o apoio de médicos e utiliza em sua sustentação artigos científicos internacionais como o jornal indiano Diabetes & Metabolic Syndrome: Clinical Research & Reviews (Diabetes e Síndrome Metabólica: Pesquisa Clínica e Análises), uma das principais referências no mundo, que recomenda o aumento da capacidade aeróbia como potencial colaborador das funções imunológicas e respiratórias, o que ajudaria a conter o Covid-19.

Outra fonte de dados é o European Journal of Clinical Nutrition, que num artigo sobre os efeitos da quarentena no risco cardiovascular ressalta os danos psíquicos da pandemia e defende a prática regular da atividade física para manter o estado de saúde do corpo e da mente, alertando para a necessidade de executar corretamente os exercícios e evitar lesões a longo prazo.


Mais Notícias