Funeral do príncipe Philip deve ocorrer no dia 17

Mundo 10 abr / 2021 às 00:46

Cerimônia estava planejada; rainha Elizabeth passa por 8 dias de luto

 

O duque de Edimburgo, príncipe Philip Mountbatten, marido da rainha Elizabeth II e que teve sua morte anunciada hoje (9), já tem o funeral planejado – tradição da coroa inglesa, que planeja cerimônias fúnebres durante o período de vida de seus membros.

O funeral de Philip deve ocorrer no sábado (17) – 8 dias após o início do luto oficial da coroa britânica. A cerimônia será na Capela de São Jorge, no Castelo de Windsor, onde Philip residia. O corpo de Philip ficará no mausoléu de Frogmore Gardens – área reservada para a aristocracia britânica.

Após o enterro, espera-se que a Coroa institua luto oficial no país por 30 dias – período em que não haverá manifestações, compromissos ou tratativas reais públicas.

O discurso da rainha Elizabeth sobre a morte de seu companheiro é aguardado.

Segundo um informe do Castelo de Windsor, a cerimônia não será aberta ao público em função da pandemia da covid-19. A Abadia de Westminster tocou 99 vezes o sino em homenagem ao membro real.

A morte do duque não será marcada por um feriado público – outra tradição inglesa -, mas bandeiras da União serão hasteadas a meio mastro em todo o país como demonstração de luto. Ainda não há informações sobre quais membros da família real participarão da cerimônia além da rainha Elizabeth II.

O premiê britânico Boris Johnson se manifestou em discurso oficial, e afirmou que “o príncipe Philip ganhou a afeição de gerações aqui no Reino Unido, na Comunidade de Nações e ao redor do mundo.”

Ainda em vida, o príncipe Philip havia manifestado desejo de um funeral “sem confusão.”


Mais Notícias