Roteiro Educador volta a receber alunos da rede municipal

Educação 07 ago / 2013 às 00:39

Uma aula viva sobre a cidade, seus monumentos e personagens que construíram a sua história. Desde esta segunda-feira (5), alunos de todas as escolas em Tempo Integral (Fundamental e Médio), da rede municipal, retomaram as visitas do Roteiro Educador. O programa desenvolvido pela Secretaria municipal da Educação está beneficiando aproximadamente 15 mil estudantes de 6 a 16 anos.

A retomada dos passeios integra a agenda comemorativa pelos 359 anos de Sorocaba e desta forma, esta semana, os espaços visitados pelos estudantes são: monumento a Baltasar Fernandes, Mosteiro e Espaço Cultural São Bento (Museu da Energia), Casarão de Brigadeiro Tobias, Museu Histórico e Jornal Cruzeiro do Sul.

Na próxima sexta-feira (8), cerca de 600 alunos das escolas municipais “Leonor Pinto Thomaz, Achilles de Almeida, Flávio de Souza Nogueira e Edward Fru Fru Marciano da Silva”, assistirão à palestra: “Domitila de Castro, Dom Pedro I e Rafael Tobias de Aguiar – A Marquesa de Santos na historiografia e na literatura brasileira”, proferida pelo professor Geraldo Bonadio.

Conforme cronograma da Secretaria da Educação, com o início das atividades o roteiro atenderá todas as escolas públicas de Ensino Fundamental e Médio, beneficiando aproximadamente 15 mil alunos neste ano. Ao todo são 40 espaços educadores, devidamente sinalizados pela Prefeitura, que recebem os estudantes.

Com o Roteiro Educador, os próprios públicos, entidades e monumentos históricos da cidade se transformam em espaços educadores, recebendo crianças e adolescentes da rede municipal de Ensino. Consiste numa verdadeira viagem pela história da cidade, personagens e seus monumentos. Consta da grade curricular e as visitas são monitoradas, pré-agendadas e, durante a viagem de ida, o professor conta a história ou descreve sobre o local a ser visitado.

Para melhor aproveitamento, em sala de aula e antes de acompanhar os alunos em cada passeio, o professor se prepara para repassar uma boa informação e conhecimento da história da cidade, os personagens e a representação sociocultural, bem como a importância dos pontos a serem visitados dentro do conceito de Cidade Educadora.


Mais Notícias