Moradores do Jardim Santa Esmeralda já contam com Sabe Tudo

Educação 07 nov / 2014 às 18:44

A comunidade do Jardim Santa Esmeralda, na Zona Norte, já conta com um Sabe Tudo. A Prefeitura de Sorocaba, por meio da Secretaria da Educação (Sedu), inaugurou na manhã desta sexta-feira (7), a 31ª unidade de inclusão digital da cidade, que fica ao lado da Escola Municipal “Professor José Carlos Florenzano.”

A vice-prefeita e secretária de Desenvolvimento Social (Sedes), Edith Di Giorgi, representou o prefeito Antonio Carlos Pannunzio no evento. “É um programa que acompanho desde a implantação. O Sabe Tudo tem a capacidade de fazer o elo com a comunidade do bairro. É só por meio da educação é que vamos melhorar o mundo”, destaca.

Edith coloca que ficamos mais vivos quando estamos aprendendo. “E a educação é uma evolução constante. Hoje temos a chamada inclusão digital”, explica a vice-prefeita.

Para o secretário da Educação (Sedu) José Simões de Almeida Júnior, a escola é o espelho da sociedade. “Nós lutamos pela melhor qualidade de ensino. Essa unidade é a ponte com a comunidade e um espaço educativo”, acredita ele.

José Simões explica que não existe diferença de ensino de uma unidade para outra. “Mantemos a mesma qualidade. Quem for transferido desta escola para outra não verá diferença no ensino”

Por meio de projeto de lei do vereador Marinho Marte, o Sabe Tudo recebeu o nome “João Marchetti”. “Hoje estamos apenas reconhecendo o trabalho do senhor João Marchetti fez por Sorocaba”, afirma o vereador.

Emocionada a filha do homenageado, Áurea Marchetti Moraes, disse que não existi lugar melhor para prestar homenagem ao seu pai. “Meu pai sempre ajudou a comunidade. Cuidou bem da família, mas não esqueceu a comunidade e deixou isso de exemplo para gente”, conta.

 

Cursos

O Sabe Tudo é equipado com 20 computadores com acesso à internet em banda larga. Além disso, conta com acervo de livros, revistas e jornais diários.

No local, são oferecidos cursos de Cidadania (Módulos I e II), Informática Básica e Avançada.  Com duração de cinco meses, os cursos atendem a alunos com idade a partir dos 7 anos, desde que estejam alfabetizados.

O primeiro módulo é à inclusão digital, onde se aprende noções básicas de uso do computador e internet. Já o segundo módulo inclui noções sobre automação de escritório, Windows, Word e Excel e conhecimento básico de instalação de hardwares (impressora, vídeo, HD, drive de CD). O mesmo curso é oferecido para terceira idade.

Para gerenciamento do Sabe Tudo, existe uma parceria com o Projeto Pérola, que é a responsável pela mão-de-obra qualificada, material didático e aplicação das aulas de informática e oficinas de cidadania. O atendimento é de segunda a sexta-feira das 8h às 22h e aos sábados das 8h às 13h.


Mais Notícias