Urbes e Observatório de Segurança Viária vão lançar painel vivo do Maio Amarelo

Trânsito 08 maio / 2018 às 15:34

A Urbes – Trânsito e Transportes e o Observatório Nacional de Segurança Viária (ONSV) vão lançar nesta quarta-feira (9), às 10h, uma novidade que vai chamar a atenção dos sorocabanos para a questão da Segurança no Trânsito numa das principais vias da cidade. Um painel vivo do Movimento Maio Amarelo será instalado no canteiro central da avenida Itavuvu, na confluência com a avenida Ipanema, próximo à UPH Zona Norte, impactando milhares de pessoas diariamente que passam pelo local.

Este é o terceiro ano consecutivo que a Urbes aderiu ao Maio Amarelo. O lançamento do painel vivo marcará a adesão oficial de Sorocaba ao movimento, que em 2018 tem como tema “Nós somos o trânsito”, como um estímulo aos condutores, pedestres e passageiros a optarem por um trânsito mais seguro no município. De acordo com o ONSV, 90% dos acidentes têm como motivação as falhas humanas como imperícia, imprudência e desatenção.

O painel destacará o ciclista, um dos elementos mais vulneráveis na mobilidade urbana. Para isso, uma pessoa ocupará o espaço do pictograma do painel, onde vai pedalar em horários específicos. A ideia é motivar a cortesia, a boa educação e a gentileza entre motoristas, motociclistas, ciclistas e pedestres.

Sorocaba vem realizando um trabalho significativo na redução de acidentes de trânsito. Inclusive, já atingiu a meta da ONU em reduzir, no mínimo, 50% o número de vítimas no trânsito até 2020. Em 2011, o município teve 74 mortes no trânsito. No ano seguinte, em 2012, o número reduziu para 50. Em 2013, foram 61 vítimas fatais. Em 2014, este número passou para 44. Em 2015 e 2016, ocorreram 33 mortes no trânsito e, em 2017, 30. Ou seja, houve uma redução de 60% das vítimas fatais em acidentes.

 

Sobre o Maio Amarelo

O Movimento Maio Amarelo é uma iniciativa de participação popular, realizada anualmente desde 2014, com adesão de milhares de municípios brasileiros e em diversos países do mundo. Trata-se de uma somatória de esforços e atividades focadas para a diminuição do número de acidentes de trânsito que matam mais de 38 mil pessoas por ano somente no Brasil, segundo dados do Sistema Datasus.

O objetivo é chamar a atenção da sociedade para o alto índice de mortes e feridos no trânsito em todo o mundo. Criado pelo ONSV na esteira da determinação da Assembleia-Geral das Nações Unidas (ONU) que editou, em março de 2010, uma resolução definindo o período de 2011 a 2020 como a “Década de Ações para a Segurança no Trânsito”, o Maio Amarelo é uma ação coordenada entre o Poder Público e a sociedade civil.

A intenção é colocar em pauta a segurança viária e mobilizar toda a sociedade para discutir o tema, estimulando o cidadão a promover atividades voltadas à conscientização, ao amplo debate das responsabilidades e à avaliação de riscos sobre o comportamento de cada um, dentro de seus deslocamentos diários no trânsito.

 


Mais Notícias