Sesan retira média de 1.250 toneladas de entulho de áreas públicas a cada mês

Sorocaba 14 jun / 2018 às 11:52

As equipes da Secretaria de Saneamento (Sesan) retiram em média 1.250 toneladas de entulhos de áreas públicas de Sorocaba a cada mês. A quantidade equivale a 143 caminhões cheios. Mais da metade dessa quantidade total, 59%, concentra-se em bairros da zona norte da cidade. O serviço é realizado, sobretudo, a partir de denúncias e solicitações de populares recebidas pela Prefeitura via fone 156 e são fundamentais diante da necessidade de prevenção à dengue, para se evitar a formação de criadouros de larvas do mosquito Aedes aegypti, o agente transmissor.

De janeiro a maio deste ano, foram removidas cerca de 6.250 toneladas de entulho em áreas verdes e institucionais do município. A maior parte desses detritos é composta de restos de materiais de construção, móveis, latas e madeiras.

Segundo a pasta, além das áreas verdes, as praças são locais comuns no descarte de entulho. A deposição de entulho por empresas cadastradas na Prefeitura deve ser feita no aterro de inertes, na Zona Industrial. “Ocorre que muitos preferem descarregar em qualquer lugar a pagar pelo uso do aterro”, frisa o secretário de Saneamento Alceu Segamarchi Júnior.

A Área de Fiscalização da Secretaria da Fazenda (Sefaz) alerta que jogar entulho em terreno público é passível de multa no valor de R$ 543,15 por metro cúbico, conforme previsto em lei e os custos de remoção da sujeira.

Claúdio  Alves Feitosa,  chefe  da Divisão de Limpeza Urbana e Resíduos, pede a colaboração dos populares e das empresas para não jogar entulho em locais proibidos. Destaca que a população pode ajudar denunciando esse tipo de descarte irregular por meio do telefone 156 e até mesmo identificando os veículos por meio de fotos. Lembra que o descarte irregular de entulho em áreas públicas é uma questão do cuidado envolvendo a saúde pública.


Mais Notícias