Saae garante que rodízio não interfere na qualidade da água que abastece Sorocaba

Sorocaba 17 nov / 2019 às 15:49

O rodízio no abastecimento de água que acontece em Sorocaba desde a semana passada não interfere na qualidade da água produzida e distribuída à população. O esclarecimento é do Serviço Autônomo de Água e Esgoto (Saae) de Sorocaba, que segue rigorosamente os padrões estabelecidos pelo Ministério da Saúde, por meio da Portaria 2.914/2011 (controle e vigilância da qualidade da água para consumo humano e seu padrão de potabilidade) e Portaria de Consolidação número 5/2017. O rodízio no abastecimento acontece pelo menos até domingo, dia 17, e foi implantado em razão da redução dos níveis dos mananciais que abastecem a cidade e a forte onda de calor que fez aumentar muito o consumo na cidade.

De acordo com o Saae, a água distribuída em Sorocaba é constantemente fiscalizada e aprovada por órgãos especializados e credenciados, como a Vigilância Municipal e Estadual (Programa Pró-Água), que realizam coletas para análises em pontos diversos da cidade, sempre com resultados de aprovação.

Para manter o padrão de potabilidade da água que distribui em Sorocaba, o Saae mantém uma equipe especialmente destacada, cujo trabalho resulta num total de 10 mil análises laboratoriais por mês, incluindo coletas e análises de hora em hora dentro das Estações de Tratamento do Cerrado e do Éden, e mais as análises de coletas realizadas diariamente em todas as regiões da cidade, nos cavaletes dos hidrômetros dos munícipes.

A autarquia reforça que o atual sistema de rodízio no abastecimento em nada altera a qualidade da água que está sendo distribuída, visto que os procedimentos de controle de qualidade continuam os mesmos, ressalvando apenas que, em alguns casos, a água que chega pode apresentar um aspecto esbranquiçado, decorrente apenas e tão somente de microbolhas de ar que se formam no processo de ocupação da água dentro das redes distribuidoras que ficaram vazias após o período de interrupção do abastecimento.

A orientação do Saae aos munícipes é que, caso qualquer alteração seja percebida na água recebida, seja no seu aspecto ou gosto, que se entre em contato com a autarquia, para que um técnico se desloque até o endereço, para proceder a coleta e envio para análise. Os canais para o contato são: fale@saaesorocaba.sp.gov.br e whatsapp 15 99850 3936.

O Saae lembra que a responsabilidade da autarquia pela qualidade da água vai até o cavalete instalado na entrada dos imóveis, onde fica o hidrômetro medidor do consumo. Do cavalete para dentro, a responsabilidade pela água passa a ser do morador. Por isso existe a orientação para que as caixas d´água sejam periodicamente lavadas e higienizadas, assim como haja a preocupação com a rede interna de distribuição de água existentes nos imóveis.


Mais Notícias