Obras do Eixo Leste do BRT foram vistoriadas nesta sexta-feira (14)

Sorocaba 14 fev / 2020 às 18:00

Em continuidade às vistorias realizadas nos corredores do Sistema BRT do transporte coletivo pela Prefeitura de Sorocaba, representantes da Secretaria de Mobilidade e Desenvolvimento Estratégico e da Urbes – Trânsito e Transportes, percorram nesta sexta-feira (14) as obras realizadas no Eixo Leste.

A vistoria compreendeu o trecho da Avenida São Paulo entre a Santa Casa de Misericórdia até a entrada do Jardim Gonçalves, onde acontecem as intervenções do BRT. Representantes da Prefeitura foram acompanhados por engenheiros da obra e puderam verificar o encaminhamento dos trabalhos de implantação do concreto rígido nos pontos de ônibus que receberão os veículos articulados do BRT. Na Avenida São Paulo também foi montado um escritório operacional da Concessionária BRT, a exemplo do que ocorreu na Avenida Itavuvu.

Ciclo de inspeções

As inspeções percorrem periodicamente os Eixos Norte, Sul e Central. Nas inspeções feitas na sexta-feira (7), representantes dos setores de mobilidade, trânsito e de transportes percorreram a pé cerca de sete mil metros de canteiros de obras, acompanhados de engenheiros da Concessionária BRT Sorocaba, desde a Estação Dr. Pitico, altura do número 700 da avenida, até o novo Terminal Vitória Régia, na Avenida Antonio Silva Saladino.

De acordo com o secretário de Mobilidade e Desenvolvimento Estratégico, Gilmar Tadeu, a meta é reforçar a necessidade de liberar o mais breve possível as faixas de rolagem hoje bloqueadas, visando aumentar a fluidez do tráfego na cidade, ainda que as obras não estejam 100% concluídas.

Somado a isso, Gilmar Tadeu cobra urgência das empreiteiras de obras nas melhorias dos cruzamentos da Avenida Itavuvu, dando vazão à mobilidade urbana, e nas travessias de pedestres, visando aumentar a segurança de quem caminha por aquela região. A Prefeitura ainda solicitou à Concessionária BRT a conclusão dos novos trechos abertos e restabelecimento da ciclovia da avenida.

Restabelecer a iluminação

Na vistoria noturna feita na terça-feira (11) no Eixo Norte, foi constatada a quantidade de postes de iluminação pública com lâmpadas queimadas ou desligadas, totalizando 13 locais, bem como os pontos de ônibus com iluminação deficitária e locais com ausência total de iluminação. A Semob fez um relatório encaminhado à Secretaria de Serviços Públicos e Obras (Serpo), e à CPLF Energia para providências, o mais breve possível, no que cabe a responsabilidade de ambas nesse serviço.

Na quarta-feira (12) pela manhã foi a vez dos Eixos Sul e Central serem vistoriados, quando foram visitados os pontos de ônibus que passam pelas adequações do BRT.

“Vamos continuar na prática de fazer vistorias periodicamente. Visitando o canteiro de obras temos a dimensão do que está sendo feito, o impacto disso para a cidade e o que é necessário melhorar”, concluiu Gilmar Tadeu.

A vistoria compreendeu o trecho da Avenida São Paulo entre a Santa Casa de Misericórdia até a entrada do Jardim Gonçalves, totalizando 2 mil metros de extensão percorridos a pé. Representantes da Prefeitura foram acompanhados por engenheiros da obra e puderam verificar o encaminhamento dos trabalhos de implantação do concreto rígido nos pontos de ônibus que receberão os veículos articulados do BRT. Na Avenida São Paulo também foi montado um escritório operacional da Concessionária BRT, a exemplo do que ocorreu na Avenida Itavuvu.

Inspeções já realizadas

As inspeções começaram na semana passada e já percorreram os Eixos Norte, Sul e Central. Nas inspeções feitas na sexta-feira (7), representantes dos setores de mobilidade, trânsito e de transportes percorreram a pé cerca de sete mil metros de canteiros de obras, acompanhados de engenheiros da Concessionária BRT Sorocaba, desde a Estação Dr. Pitico, altura do número 700 da avenida, até o novo Terminal Vitória Régia, na Avenida Antonio Silva Saladino.

De acordo com o secretário de Mobilidade e Desenvolvimento Estratégico, Gilmar Tadeu, a meta é reforçar a necessidade de liberar o mais breve possível as faixas de rolagem hoje bloqueadas, visando aumentar a fluidez do tráfego na cidade, ainda que as obras não estejam 100% concluídas.

Somado a isso, Gilmar Tadeu cobra urgência das empreiteiras de obras nas melhorias dos cruzamentos da Avenida Itavuvu, dando vazão à mobilidade urbana, e nas travessias de pedestres, visando aumentar a segurança de quem caminha por aquela região. A Prefeitura ainda solicitou à Concessionária BRT a conclusão dos novos trechos abertos e restabelecimento da ciclovia da avenida.


Mais Notícias