Exposição ‘Tecnossauros’ desperta sentimento de nostalgia no público

Sorocaba 14 ago / 2019 às 18:30

Com um rico acervo que exibe antigos objetos tecnológicos, a exposição “Tecnossauros” foi inaugurada na tarde desta quarta-feira (14) no Museu da Estrada de Ferro Sorocabana (MEFS). Dentre os curiosos objetos que compõe o acervo estão o aparelho de telefone da década de 80, rádio portátil (1970), máquina de escrever (1960) e fitas K7 (1980).

Realizada pela Secretaria da Cultura (Secult), o objetivo da exposição é apresentar aos visitantes objetos tecnológicos que hoje são considerados obsoletos. Para isso, itens de acervo dos museus e de propriedade particular foram reunidos na mostra, que faz parte da programação especial em comemoração aos 365 anos de Sorocaba (15 de agosto).

“A ideia é instigar as pessoas a refletirem também sobre a rapidez da mudança e sobre o consumismo exagerado da nossa sociedade, como por exemplo, com o celular, que trocamos numa velocidade muito rápida, sem necessidade, apenas pela novidade”, destaca a museóloga Daniella Moreira.

Ainda de acordo com a museóloga, o objeto mais antigo que está exposto é uma câmera fotográfica da década de 30 e os mais recentes são os celulares dos anos 2000. “O mais legal é ver que tudo isso (itens da exposição) agora cabe em um celular”, comenta Daniella.

A mostra reúne objetos que guardam grandes memórias e ofereceram ao público, logo na abertura, um profundo sentimento de nostalgia, encontrada em brinquedos dos anos 80, como o Atari e o Genius, televisão (1970), fitas VHS (1980), aparelho de telefone (1980) e muito mais.

De acordo com a Secretaria da Cultura, grupos interessados podem fazer uma visita monitorada, de segunda a sexta-feira, devendo entrar em contato com a equipe do museu pelo telefone (15) 3231.1026 ou pelo e-mail mefs@sorocaba.sp.gov.br.

A exposição ficará em cartaz até o dia 31 de outubro e pode ser visitada gratuitamente de terça a sexta-feira, das 9h às 16h30, e sábados, domingos e feriados, das 12h às 16h. O MEFS está localizado na rua Álvaro Soares, 533, no Jardim Maylasky, em frente à antiga Estação Ferroviária.


Mais Notícias