Depois de sofrer ataques nas redes sociais, Santa Casa de Misericórdia cancela boletim sobre Coronavírus

Sorocaba 28 mar / 2020 às 19:05

Depois de sofrer ataques nas redes sociais com a publicação de informações sobre pacientes com suspeita do novo Coronavírus, o Covid-19, a Santa Casa de Misericórdia de Sorocaba decidiu suspender o boletim informativo dos casos atendidos na entidade.
A partir de agora toda a comunicação sobre os casos suspeitos e confirmados de Covid-19 fica a cargo da Prefeitura de Sorocaba, por meio da Secretaria de Saúde (SES). A pasta municipal tem divulgado diariamente boletim epidemiológicos com dados da doença.
De acordo com o último comunicado, Sorocaba já contabiliza três pacientes infectados, uma morte confirmada por Coronavírus, quatro óbitos em investigação, 222 pacientes suspeitos dos quais 42 seguem internados, sendo 11 na Unidade de Tratamento Intensivo (UTI), além de 30 casos descartados do vírus.
Ao Z Norte, o presidente-gestor da Irmandade, Padre Flávio Miguel Junior, comentou sobre a decisão de interromper os boletins informativos. “Quando nós começamos a fazer esses boletins era justamente para combater os fakenews, só que ontem fomos bombardeados. As pessoas falam que nós estamos criando pânico, elas não entendem que os resultados dos exames demoram no Brasil inteiro,” explicou.
O responsável pela Santa Casa relembrou que todos os exames coletados na entidade são enviados ao Instituto Adolfe Lutz (IAL) em São Paulo, o que acarreta em um tempo maior para a liberação do resultado de casos suspeitos da doença. “Eles estão com sobrecarga, então demora o resultado a sair,” avaliou o padre.
O primeiro informativo da irmandade havia sido divulgado nas redes sociais e à imprensa em 20 de março, relatando um primeiro paciente internado no hospital com suspeita de Coronavírus. O último informativo foi publicado na quinta-feira (26).


Mais Notícias