Crespo deixa Sorocaba por 12 dias e não passa cargo à vice; Com Manga, viagem de 1 dia bastou para transferência

Sorocaba 09 nov / 2018 às 12:41

O prefeito José Crespo embarcou para Barcelona, na Espanha, na tarde de quinta-feira (8), para participar de um congresso de 4 dias, mas só deve voltar ao Paço Municipal no próximo dia 21. Apesar do afastamento por 12 dias, ele decidiu não transferir o cargo para a vice-prefeita, Jaqueline Coutinho (PTB). A atitude é diferente da que teve com o presidente do Legislativo, Rodrigo Manga (Dem), que recebeu o cargo do prefeito em viagem de apenas um dia, em setembro.

O mesmo caso, a não transferência, ocorreu em julho, quando o prefeito viajou de férias ao Maranhão e não passou o cargo à vice. Em setembro, porém, com a vice-prefeita afastada para a disputa eleitoral, Crespo transferiu o cargo em uma viagem que fez ao Rio de Janeiro por um dia, passando a chefia do executivo a Manga.

A prática, apesar de não ser obrigatória pela Lei Orgânica do Município (por ser inferior a 15 dias), tem sido frequente em todos os governos recentes de Sorocaba, incluindo o do próprio prefeito José Crespo. Em 2017, por duas vezes, o chefe do executivo viajou e transferiu o cargo para a vice-prefeita. O fato teria dado oportunidade para a vice apurar irregularidades no sexto andar do Paço Municipal, que culminaram na cassação de Crespo em 24 de agosto.


Mais Notícias