Colaboradores do Saae percorrem o Caminho das Águas

Sorocaba 13 mar / 2018 às 10:06

O Serviço Autônomo de Água e Esgoto (Saae) deu início a mais um projeto que eleva o conhecimento e a dedicação dos seus colaboradores. A partir de agora, os interessados de todos os setores têm a oportunidade de visitar os locais mais importantes do percurso que faz a água servida à população, desde o seu estado bruto, na represa de Itupararanga, até o tratamento final na Estação de Tratamento de Água (ETA) Cerrado. É o projeto Caminho das Águas, cujo lançamento foi realizado na última sexta-feira (9), em comemoração do Dia Mundial da Água e também ao Dia do Rio Sorocaba.

A iniciativa foi do diretor-geral do Saae-Sorocaba, Ronald Pereira da Silva, atendendo à orientação do prefeito José Crespo, para estimular os profissionais a prestarem um trabalho cada vez melhor aos consumidores. Nesta primeira edição, 25 funcionários sorteados fizeram a excursão educativa com acesso a todas as informações sobre os locais visitados. O diretor-geral, Ronald Pereira da Silva, declarou que vai promover novas edições, para garantir a oportunidade aos demais colaboradores que tiverem o interesse.

O tour foi bastante elogiado. A auxiliar administrativa do Jurídico do Saae, Rinalva Paini Cruz, opinou que não é apenas com o aspecto financeiro que um profissional se sente valorizado, mas também com o reconhecimento do trabalho que realiza. “Achei maravilhoso. Eu não tinha a noção do quão grande e trabalhoso é o processo de adução, e o tratamento, pois é comum recebermos a água tratada na torneira de nossa casa”, declarou.

A presidente da Comissão Interna de Prevenção de Acidentes (CIPA), Gemina Pires, surpreendeu-se com o trabalho realizado na Serra de São Francisco para a proteger os dutos que transportam a água. “Jamais imaginei que há equipes percorrendo diariamente a extensão das adutoras, para inspecionar a integridade das mesmas. Que responsabilidade”, avaliou.

A secretária da diretoria Operacional da Água, Aline Machado, ressaltou a importância dos colaboradores conhecerem os exuberantes locais por onde passam as adutoras, que são de extrema importância para o Saae e os sorocabanos. “Quero agradecer a todos, principalmente à Educação Ambiental que se empenhou nesse trabalho”, afirmou.

Os profissionais visitaram a represa de Itupararanga, a represa do Clemente, a cachoeira da Chave e a Estação de Tratamento de Água (ETA) do Cerrado. Durante a visitação, a Equipe de Educação Ambiental (EEA) assumiu as orientações para demonstrar todo o processo de tratamento de água, os produtos químicos utilizados e as análises de laboratório.


Mais Notícias