Saúde promove semana de capacitação do programa Amamenta e Alimenta Brasil

Saúde 07 jun / 2018 às 14:15

A Prefeitura de Sorocaba, por meio da Secretaria de Saúde (SES), em parceria com o Governo do Estado, está promovendo desde o dia 5 até o dia 8 de junho, uma semana de capacitação de profissionais representantes das 32 Unidades Básicas de Saúde (UBSs) para atenderem o programa Amamenta e Alimenta Brasil. O Amamenta e Alimenta Brasil é uma iniciativa do Governo Federal que visa a promoção do Aleitamento Materno e Alimentação Complementar Saudável no Sistema Único de Saúde (SUS).

O programa tem o objetivo de capacitar profissionais da área de enfermagem, odontologia, fonoaudiologia e nutrição que atendem nas UBSs, incentivando o aleitamento materno e a alimentação saudável para crianças menores de dois anos. É importante salientar que essas oficinas costumam ser regionais e graças aos esforços da Prefeitura, Sorocaba é a primeira cidade a receber a capacitação de maneira exclusiva para o município.

São realizadas oficinas lúdicas, com simulações de casos e atividades para a formação de tutores que poderão atuar nas UBSs com esse olhar mais sensibilizado. Dentre as demais ações estão: contextualização do cenário epidemiológico do aleitamento materno, estratégia amamenta e alimenta Brasil, determinantes das práticas de aleitamento e alimentação complementar, aspectos socioculturais do aleitamento materno, habilidades em comunicação, além de no último dia, os tutores irem realizar um treinamento em seis UBSs para executar o que foi aprendido.
Adriana Ribeiro, coordenadora do programa Amamenta e Alimenta Brasil no Estado de São Paulo, explica que as oficinas servem para trazer resultados efetivos. “Nós somos responsáveis por ensinar a parte prática, na qual de fato, eles mostram o resultado do aprendizado”, comenta a coordenadora.

Ela ainda explica que a UBS em que o tutor irá atuar, deverá receber uma certificação do Ministério da Saúde, contanto que preencha quatro requisitos básicos, que são: desenvolver atividades sobre aleitamento, alimentar as informações do sistema da unidade com o tema, ter um fluxo de atendimento estruturado para atender crianças menores de dois anos e capacitar cerca de 85% dos demais funcionários da unidade.
Além disso, o tutor ficará responsável por realizar um plano de ação para adequar o atendimento da unidade com a realidade do bairro no qual a UBS presta serviço. “Buscamos trabalhar com conhecimento prévio e depois com o processo de trabalho, tentamos desconstruir para construir. É um caminho delicado, mas temos que entender isso”, expressa Adriana.

O curso está sendo aplicado na Universidade Paulista (Unip) e tem carga horária de 32h, demandando 100% de presença para receber a certificação dada pelo Ministério da Saúde.

Sobre o programa Amamenta e Alimenta Brasil
Lançada em 2012 pelo Governo Federal, o programa tem como objetivo qualificar o processo de trabalho dos profissionais da atenção básica com o intuito de reforçar e incentivar a promoção do aleitamento materno e da alimentação saudável para crianças menores de dois anos no âmbito do SUS.

Essa iniciativa é o resultado da integração de duas ações importantes do Ministério da Saúde: a Rede Amamenta Brasil e a Estratégia Nacional para a Alimentação Complementar Saudável (ENPACS), que se uniram para formar essa nova estratégia, que tem como compromisso a formação de recursos humanos na atenção básica.


Mais Notícias