Forro da UBS Vila Fiori é retirado por infiltrações; Após 40 dias de visita técnica, Secretaria de Saúde ainda não conseguiu sequer orçar a obra

Saúde 17 dez / 2018 às 14:19

Após a divulgação da reforma do forro em uma sala anexa ao Centro Cirúrgico da Policlínica Municipal de Sorocaba, que desabou no último dia 2 de dezembro, moradores entraram em contato com o Jornal Z Norte para mostrar a situação precária do forro de outra unidade de saúde da cidade: a UBS da Vila Fiori, na Zona Norte. As placas que formam o forro da recepção da unidade foram retiradas e é possível ver as telhas, a estrutura metálica e a instalação elétrica está exposta. A Secretaria de Saúde admitiu que o problema persiste há anos na unidade e que o forro foi retirado, “pois primeiramente é necessário a manutenção da infiltração”. Não há data, porém, para a realização do serviço que, há 40 dias, está sendo “orçado”.

O leitor Márcio Pereira postou a imagem do forro da unidade, nos comentários da postagem do Jornal Z Norte que falava da conclusão da reforma na Policlínica. A foto foi tirada de dentro da unidade e mostra a situação de precariedade do telhado, que está exposto sem o forro, bem como a fiação elétrica.

O aposentado Benedito Lopes dos Santos, de 62 anos, que faz acompanhamento na unidade, reclamou da situação que não é resolvida. “Desde 2013 eu passo lá e tem esse problema do forro, mas piorou muito agora. Tiraram as placas, ficou tudo de fora, e ninguém resolve nada. Será que a Prefeitura não tem uns R$ 10, R$ 15 mil para resolver esse problema?”, questionou o aposentado.

Benedito aproveitou para criticar gastos que ele considera menos importantes, como o BRT, e lembrou dos R$ 4 milhões que a Prefeitura receberá da Câmara Municipal, como devolução, para criticar a falta de manutenção da unidade. “Estão gastando milhões com esse BRT que não vai servir pra nada, e deixam uma unidade chegar a esse estado? Tem que pegar aquele dinheiro que a Câmara vai devolver e destinar uma parte para consertar o telhado. Com certeza é mais importante”, afirmou.

O Jornal Z Norte questionou a Prefeitura sobre os problemas da unidade. Por meio de nota, a Secretaria da Saúde afirmou que o problema de infiltração ocorre há anos, “ou seja, não foi um problema que surgiu nesta atual gestão”. Segundo a Secretaria de Saúde, “já foram feitas intervenções anteriores, que acabaram não resolvendo o problema por completo. O forro foi retirado, pois primeiramente é necessário a manutenção da infiltração, para posteriormente recolocar o forro”.

A nota prossegue dizendo que há 40 dias, foi feita uma visita para analisar a situação, em 7 de novembro. “A Secretaria de Conservação, Serviços Públicos e Obras (Serpo) está orçando o serviço”. Segundo a Secretaria de Saúde, a atual situação não “compromete o atendimento e nem desassiste os pacientes da localidade”.


Mais Notícias