Moradores de condomínios de Votorantim reclamam dos altos valores cobrados de IPTU e fator condomínio. Eles querem a revisão dos cálculos

Região 27 fev / 2018 às 15:44

Moradores e síndicos de 11 condomínios de Votorantim querem que o prefeito Fernando de Oliveira Souza (DEM) faça uma revisão no IPTU – (Imposto Predial e Territorial Urbano) 2018 e no fator condomínio – com o objetivo de baixar os altos valores cobrados dos imóveis, sendo que muitos deles, inclusive, foram adquiridos pelo programa do Governo Federal, Minha Casa Minha Vida. Ou seja, não se encaixam na tabela que está sendo aplicada para cálculo dos valores. A demanda já se arrasta há algum tempo e no ano passado, o prefeito, em reunião com moradores, pro postas pelo vereador José Claudio Pereira, o Zelão (PT), se comprometeu a fazer a revisão, pois, entendia ser questão de justiça social mexer no cálculo. Porém, isso não aconteceu.

Nas duas reuniões realizadas com o prefeito, a primeira em 15 de fevereiro de 2017, e a segunda em 15 de setembro, ficou definido, o estudo para ajuste dos valores dos seguintes condomínios: Vila Flora, Ilha de Málaga, Veredas dos Bandeirantes, Parque Sicília, Alpha Club Residencial, Residencial Primavera, Residencial Bela Vista Sol, Sinfonia, Granville Guanabara Residencial, Brisa, Residencial Votorantim – Jardim Serrano.

Segundo moradores, o IPTU extrapola o aceitável se comparado ao valor dos imóveis. De acordo com uma moradora do Vila Flora, que prefere não se identificar, um apartamento dela em Sorocaba, ela  paga R$ 180 de IPTU, no condomínio Vila Flora, o valor é de R$ 800,00.

“Muitos moradores desses condomínios já colocaram seus imóveis à venda e futuros proprietários, já desistiram de firmar residência em Votorantim. Essa é a situação atual da nossa cidade. Precisamos de mais responsabilidade com isso, pois o município vai perder muito com isso” diz Zelão.

O vereador disse ainda, que no final de 2017, o prefeito anunciou a redução nos valores do IPTU de apenas quatro localidades, onde estão os condomínios: Real Park (Itapeva), Sinfonia (Jd. Novo Mundo), Ilha de Málaga (Vila Guilherme) e Sicília (Vossoroca), sendo que os demais ficariam para uma nova avaliação.

MANIFESTAÇÃO – Para demonstrar a insatisfação com o custo dos impostos e a falta de ação do prefeito, os moradores estão organizando uma manifestação em frente à Prefeitura Municipal de Votorantim no dia 05 de março, às 9 horas. Eles querem uma nova agenda com o prefeito e o compromisso firmado por escrito de que o problema será solucionado.

 


Mais Notícias