Por mais diversidade na Política, prefeita Jaqueline Coutinho pede que mulheres concorram às eleições de 2020

Política 07 mar / 2020 às 19:51

Em comemoração ao dia 8 de março, data em que se comemora o Dia Internacional das Mulheres, a prefeita de Sorocaba Jaqueline Coutinho (sem partido) concedeu uma entrevista exclusiva ao Jornal Z Norte para discutir os avanços e as dificuldades enfrentadas pelas mulheres no mundo político. Após uma coletiva de imprensa, a chefe do poder Executivo recebeu a reportagem no sexto andar do Palácio dos Tropeiros.

De acordo com as Nações Unidas para a Igualdade de Gênero e o Empoderamento das Mulheres (ONU Mulheres), na América Latina apenas 15% das prefeituras municipais são chefiadas por representantes do sexo feminino.

Contrariando aos números, Jaqueline Coutinho ressalta a importância da diversidade de gênero. “O meu interesse maior sempre vai ser, independente de questões político-partidárias, incentivar as mulheres a participar cada vez mais da política, porque é através da participação delas, e com a diversidade de gênero, que nós conseguiremos contemplar todas as políticas públicas necessárias para a população. É com a diversidade que a gente evolui”, afirma.

Apesar da falta de representatividade na política, a chefe do Executivo comemora ser a primeira representante da cidade. “A gente fica muito feliz de saber que as mulheres estão definitivamente ocupando os espaços que até então eram delegados e reservados aos homens por questões culturais e histórias. Eu como primeira prefeita de Sorocaba e se Deus quiser teremos muitas outras,” avalia.

Na última terça-feira (03), Jaqueline esteve na capital do país para se reunir com outras lideranças femininas e discutir questões de sustentabilidade, além da representatividade. “Eu estive participando agora de um encontro de 20 prefeitas do Brasil que fazem um trabalho diferenciado na área do meio ambiente. Esse encontro foi extremamente produtivo porque nós tivemos contato com prefeitas de todas as regiões do Brasil, cada uma com suas experiências e falando da participação feminina.”

Apesar da data comemorativa e também de reflexão, a chefe do Palácio dos Tropeiros salienta que as discussões sobre os direitos das mulheres precisam acontecer o ano todo. “Não só no domingo, ou no mês de março, mas que todos os dias sejam dia da Mulher, que pode e deve participar de forma proativa de todos os seguimentos da sociedade, sem qualquer tipo de discriminação e preconceito. Nós mulheres não podemos aceitar que existem espaços para mulheres e para os homens,” enfatiza.

Jaqueline Coutinho deixou seu recado para todas as mulheres que almejam participar do debate político. “O meu conselho e até o meu apelo, concorram e participem. Não achem que vocês têm espaços segregados e que não podem participar. A constituição prevê a igualdade dos gêneros. Não basta o documento, a gente conquista as mudanças na prática,” orienta a gestora.

Questionada sobre seu futuro político em Sorocaba, Jaqueline Coutinho não descartou concorrer a uma reeleição e disse que está “reavaliando” as possibilidades.


Mais Notícias