Mundial de BMX em Baku tem sorocabano como campeão

Esportes 06 jun / 2018 às 14:50

A capital de Azerbaijão, Baku, recebeu na madrugada desta quarta-feira (06) o campeonato mundial de bicicross, e o campeão na categoria “Boys eight years” foi um brasileiro representante de Sorocaba: Lucas Darriba, piloto do Clube Sorocabano.

Competindo com os melhores pilotos do mundo, Lucas conquistou a primeira colocação no “W1” vencendo todas as baterias classificatória e a final demonstrando bastante determinação e garra.

Jovem, porém experiente em representar Sorocaba em diversas competições, Lucas Derriba começou a praticar o BMX desde muito novo, com apenas 4 anos de idade, treinando no Centro Esportivo do Pinheiros na escolinha do Clube Sorocabano, desde então vem se destacado nas competições realizadas pelo Brasil e exterior.

Segundo a presidente do Clube Sorocabano, Cida Comitre, a conquista além de agregar para o crescimento e desenvolvimento do jovem campeão também ajuda para aumentar ainda mais a história dos 30 anos de BMX em Sorocaba. “Além de ser um menino aplicado em tudo que faz, Lucas tem o apoio de todos nós e da família, que proporciona a ele além de equipamento de primeira qualidade, todas as condições para estar disputando um campeonato de alto nível como o mundial”, relata Cida.

Com mais esse título, Sorocaba agora conta com sete mundiais conquistados, dos quais duas vezes por Mayara Perez, duas por Bianca Quinalha, uma por Rodrigo Alarcon, uma por Thiego Tosta e agora por Lucas Derriba.

“Nossa cidade está fazendo história, esperamos que nosso menino possa trazer mais títulos para nós. Ele é um guerreiro, estamos muito felizes. Agora ele pode curtir essa grandiosa vitória,  com total merecimento”, acrescenta a presidente do Clube Sorocabano.

Capital do Bicicross

O Clube Sorocabano de Bicicross, com apoio da Secretaria de Esportes e Lazer (Semes), vem realizando o projeto “Integrar pelo Esporte” no Centro Esportivo “André Matiello”, em Pinheiros. Além da prática esportiva, a iniciativa oferece a crianças e adolescentes da cidade a oportunidade de desenvolverem o senso de solidariedade, amor próprio, iniciativa, decisões rápidas, disciplina, respeito e autocontrole emocional.


Mais Notícias