Com crise, sorocabanos recorrem a poupança e valor depositado é inferior a 2015

Economia 28 out / 2016 às 18:35

O trocadilho é infame, mas representa a realidade. A crise financeira que atinge o Brasil não poupou nem a poupança. Os valores depositados nas 93 agências de Sorocaba em setembro deste ano, último disponível, são inferiores aos valores depositados no mesmo período do ano passado.

De acordo com o Banco Central, em setembro do ano passado os valores depositados somavam pouco mais de R$ 2,625 bilhões. Já em setembro deste ano o valor total depositados é de R$ 2,539 bilhões. Ou seja, em um ano ao invés do valor aumentar, como ocorria em anos anteriores, houve uma redução na casa de 3,3%, ou de cerca de R$ 85 milhões.

Entre os bancos que apresentaram o maior recuo, ainda conforme o Banco Central está o Bradesco, que perdeu R$ 27,7 milhões no período. Na sequencia, aparece o Itaú Unibanco, com redução de R$ 24,7 milhões. Em terceiro aparece o Banco do Brasil com “perda” de R$ 21,7 milhões. Segue a lista o Santander com redução de pouco mais de R$ 15 milhões.

 

Positivo

De positivo, ou seja, de aumento nos depósitos, somente a Caixa Econômica Federal que aumentou cerca de R$ 7 milhões em valores depositados. Com isso, a Caixa passou de pouco mais de R$ 857 milhões em setembro de 2015 para R$ 864 milhões neste ano.  

 

Ranking

Aliás, a Caixa Econômica continua sendo o banco em que o sorocabano mais confia para depositar suas economias. Para se ter ideia, o Banco do Brasil, que aparece na segunda colocação, tem cerca de R$ 270 milhões a menos considerando os valores da líder. O Itau Unibanco aparece quase R$ 491 milhões. Ele é seguido pelo Bradesco com R$ 353 milhões. O Santander vem na sequência com R$ 211 milhões. HSBC e CitiBank somam quase R$ 27 milhões.

 

Dia da Poupança

A data é comemorada no Brasil e no mundo no dia 31 de outubro, ou seja, na próxima segunda-feira.  A comemoração foi estabelecida na Itália em 1924, durante um congresso internacional de economia. No Brasil, a data é comemorada desde 1933.

 


Mais Notícias