Comércio e Turismo regional terão negócios acelerados em função da Copa

Atualidades 11 jun / 2014 às 12:57

Coca-Cola – Sorocaba Refrescos moderniza o comércio das cidades sub-sedes, investindo em equipamentos, modernização dos interiores e revitalização das fachadas de estabelecimentos na região

 

A Copa do Mundo da FIFA™ no Brasil oferece ao comércio e hotelaria da região a oportunidade de aumentar suas vendas. Tendo em vista que a região está recebendo quatro seleções no período que antecede o mundial – Argélia em Sorocaba, Rússia e Japão em Itu e Honduras em Porto Feliz – a Sorocaba Refrescos, fabricante do sistema Coca-Cola Brasil, está investindo em diversas ações em seus parceiros locais.

De acordo com a supervisora de Promoção e Propaganda da Sorocaba Refrescos, Bruna Sulga, são mais de 100 estabelecimentos que terão a fachada revitalizada para receber turistas e moradores que vão acompanhar o torneio, torcendo por sua seleção.

Para ela,  a ação de revitalização das fachadas e investimentos em equipamentos que modernizam a área de venda, são importantes instrumentos para atrair quem deseja se alimentar dentro ou fora de casa, como no próprio estabelecimento e fomentar as vendas.

“A região tem uma chance única de se apresentar da melhor forma aos seus visitantes, muitos deles estarão pela primeira vez visitando o país. Um levantamento diz que mais de cinco mil pessoas acompanham uma seleção durante sua estadia numa cidade, e estas pessoas demandam serviços de hospedagem, alimentação, lazer, turismo, entre outros. O turista padrão de uma Copa do Mundo gasta muito mais do que um turista estrangeiro comum. Neste sentido, há um esforço coletivo entre poder público, empresas e comércio local para melhorar de forma geral a estrutura para receber os turistas, e isso envolve desde infraestrutura, como melhores acessos aos pontos de interesses, comunicação turística, modernização dos hotéis, bares e restaurantes, como treinamento de pessoas”, explica Bruna.

No caso da Coca-Cola – Sorocaba Refrescos, o objetivo foi conscientizar os comerciantes, donos de hotéis sobre todas estas oportunidades, e ajudá-los a desenvolver da melhor forma possível seus estabelecimentos. “Os clientes não tiveram qualquer custo com as atividades e receberam todos os investimentos e equipamentos emprestados, podendo focar em outras melhorias, como no treinamento de seu pessoal. Com a reorganização das áreas internas, comunicação visual adequada e padronizada, o aumento de faturamento das categorias pode chegar a mais de 20%, independente do período do evento. O comerciante percebe que todos os seus produtos, inclusive alimentos e outros, tem aumento nas vendas, portanto vai muito além dos produtos que comercializamos”. afirma Bruna, lembrando que a Sorocaba Refrescos só comercializa bebidas.

Além de oferecer suporte para o negócio de seus clientes, a Coca-Cola – Sorocaba Refrescos esta investindo em várias outras ações, como por exemplo, a Arena Coca-Cola em Itu e Porto Feliz, exposições com a temática de futebol em Sorocaba e Porto Feliz, além da comunicação visual, informativa e turística instalada nas principais ruas e avenidas de Porto Feliz. Com isso, estará aumentando as opções de lazer e cultura nas cidades, fazendo com que os turistas fiquem por mais tempo na região. Todas as atrações serão  gratuitas e direcionadas às famílias. 

Bruna lembra ainda que essas ações estão movimentando a economia da região, beneficiando as micro e pequenas empresas. “Um levantamento feito pela Fundação Getúlio Vargas, a pedido do Sebrae, demonstrou que a Copa do Mundo de 2014 vai gerar oportunidades para 300 mil micro e pequenas empresas paulista e com certeza nossos clientes estão inseridos nessa estatística”, comemora a supervisora.

O turismo é um negócio sustentável, emprega milhares de pessoas e gera bilhões em impostos para o Brasil e em todo o mundo. “A realização de um evento do nível da Copa do Mundo é de vital importância para nos vendermos como destino. Todas as cidades que investem em turismo, acabam por investir na sua própria população, pois os investimentos beneficiam a todos, inclusive os moradores locais. O turismo gera impostos, e com isto aumenta a capacidade dos municípios de investir em outras demandas e necessidades da população local. Além disso, este setor da economia cria um círculo virtuoso fantástico, onde todos ganham”, enfatiza Bruna.


Legados

Além dessas ações pontuais que acontecerão no período do maior torneio de futebol do planeta, a Coca-Cola – Sorocaba Refrescos investe em diversos outros projetos que serão deixados como legados permanentes para a região. De acordo com o diretor presidente da empresa, Cristiano Biagi, o evento teve apenas o papel de acelerar e canalizar os investimentos da empresa em algumas cidades da região. Mas ressalta que esse projetos e investimentos continuarão após a Copa, pois fazem parte de uma visão da empresa de sustentabilidade em longo prazo.

“A Sorocaba Refrescos realiza investimentos constantes em seus clientes em todo seu território, que abrange 60 cidades do interior paulista. Além disso, investimos não só nos clientes, mas também nas comunidades onde estamos presentes. Temos o Coletivo Reciclagem que apoia as cooperativas de lixo  locais na coleta seletiva, em programas de gestão e em equipamentos, além do Coletivo Varejo e Coletivo Logística & Produção, que capacitam jovens para atuar nessas áreas e que poderão ser posteriormente empregados em empresas parceiras da Coca-Cola ou na própria Sorocaba Refrescos”, explica Biagi.

A Sorocaba Refrescos possui cinco linhas de produção, com capacidade produtiva de mais de 200 milhões de litros de bebidas por ano e um Centro de Distribuição localizados em uma área com mais de 110 mil m2, no Km 104 da Rodovia Raposo Tavares, em Sorocaba, (SP). Possui também escritórios comerciais em Itu e Tatuí.

Outras informações no site: www.sorocabarefrescos.com.br


Mais Notícias